Notícias

10 de Abril de 2018

Vereador pede a criação de Bolsa Auxílio que englobe Fanfarra, Orquestra e também projetos esportivos

Baixar

(Foto: Assessoria Câmara)

Sentindo que a discussão sobre o projeto Bolsa Orquestra, não está bem esclarecido, Eduardo Rocha (PMDB), explicou em tribuna livre ontem (09), o posicionamento dos vereadores que foram contrários à propositura. Ele ressaltou que não acha justo ajudar as pessoas da orquestra e esquecer as crianças da Fanfarra e também talentos esportivos que os pais são carentes e não têm condições de bancar um teste por exemplo para quem sabe seguir uma carreira esportiva.

“Não sou contra, acho excelente, o que sou contra é a forma como o projeto entrou nessa casa. Sou contra dar incentivo à Orquestra e esquecer da Fanfarra Municipal que é tão importante quanto a Orquestra. Tenho certeza que com o incentivo financeiro nós acabaríamos com a troca de pessoas na Fanfarra”, comentou.

Também foi citada a questão de auxílio para projetos esportivos e, resumindo, o vereador deu a ideia de que seja criada uma bolsa de incentivo que englobe a Orquestra, a Fanfarra os atletas que representam o município que muitas vezes não têm sequer um tênis ou chuteira para praticar o esporte.

“Tenho certeza que temos ótimos atletas aqui no município com futuro promissor, mas que muitas vezes o pai e a mãe não têm condições de levar para fazer um teste para poder seguir uma carreira”, completou o parlamentar.

O projeto Bolsa Orquestra previa somente ajuda financeira a 15 pessoas, e por isso foi reprovado em sessão passada.

Por: Elizeu Teixeira